sexta-feira, 14 de novembro de 2014

o velho

- O mundo se encarregará de lhe contar quando chegar a hora, meu filho. Você vai perceber, não se preocupe. A luz da vida vai acender, não vai ter como você não ver. Será algo diferente, bonito, mágico. Será indescritível, talvez. Talvez apenas porque estou aqui tentando lhe descrever e não sei se vai conseguir entender ou aceitar. Mas não importa. Eu preciso lhe contar, porque contar é uma forma de reviver tudo o que eu senti e que me faz feliz até hoje, anos e anos depois. É importante pra mim, espero que entenda. Quando for o dia, você vai notar que tudo aquilo que viveu não passava de sentimentos que apenas lhe enganaram. Enganaram entre aspas, se é que me entende. Eles lhe fizeram chorar quando você não merecia e lhe deram sorrisos pequenos. Isso aconteceu comigo, mas não se importe, meu filho. Acho que já conquistei certa liberdade para lhe dar mais um conselho: não se sinta arrependido de tudo que viveu. Agradeça a vida por tudo que ela lhe deu. E desculpe-me se eu lhe disse alguma coisa que tenha causado algo de mal. Não foi a intenção. Já passei por isso, como bem lhe disse, e sei muito bem como funciona. Só peço que acredite naquilo que poderá te surpreender um dia. Mas vou continuar, permita-me. Neste dia, você vai ser tomado por uma vontade de querer fazer o mundo feliz. Vai querer compartilhar, dividir, aquilo que estiver te inundando. Terá vontade de fazer os outros felizes. Terá vontade de distribuir os seus sorrisos e abraços. Talvez vá querer gritar a sua felicidade para o mundo, da janela da sua sala. Mas quer mais um conselho desse velho aqui? Não faça isso, muitas pessoas poderão não entender e lhe chamarem de louco... Mal sabem eles! Mas se quiser gritar, grite, grite pra você, pro seu coração e conte o que está sentindo pra sua alma. Ela vai lhe retribuir com um sorriso tão lindo. E você saberá o que é ser feliz de verdade e terá vontade de contar pro mundo como se sente, foi o que disse o velho naquele dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário