quinta-feira, 4 de julho de 2013

...

só você pra balançar
os meus versos
e deixá-los assim:
tortos,
mudos
e descabidos.

Um comentário:

  1. Dizem que o poeta vive alguns centímetros acima do solo, vendo e transmitindo coisas que ninguém mais vê. Este seu poema é um exemplo disto. Vamos analisar : "balançar versos" : ninguém balança, mas ao poeta é permitido. "deixá-los ....etc." : para entender é preciso sentir, não tem explicação.

    ResponderExcluir