segunda-feira, 15 de outubro de 2012

sem mais

Tudo fica tão mais intenso quando estou você – até a minha vontade de ir embora e o desejo de desfazer das marcas dos seus abraços, dos beijos, daquele olhar insinuoso, das alegrias frustradas e das euforias lamentáveis. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário