terça-feira, 10 de abril de 2012

e viva a solidão!


Não entendo por que falam tão mal assim da solidão.

Sei lá... Não acho que ela é a pior coisa do mundo, como dizem por aí. É apenas uma fase que, assim como o luto, precisa ser vivida. E vivida com certos exageros até. Mas exageros de verdade, sabe? Daqueles que dão um chega pra lá no medo do espelho em noites frustradas. Ou que mandam pra escanteio o pavor dos olhares inundados de compaixão que são disparados sobre a nossa falta de companhia na fila dos cinemas, nos restaurantes...

Esses olhares precisam entender que estar sozinho não é algo inferior e nem coisa de outro planeta. De outro planeta, vamos combinar, são aqueles que vivem com medo de se encarar, isso sim. Que nunca tiveram a oportunidade de se amar. De ver o quanto é bom ficar esparramado no sofá trocando de canal sem pedir permissão a ninguém. De sair e esquecer o celular em casa sem culpa e sem preocupação. Melhor: de sair sem rumo. De passar ali e decidir que ali não está legal e querer, do nada, ir pra lá. Simples assim.

Ah... Mas vai colocar isso na cabeça daqueles que veem a solidão como a pior coisa do mundo. Não adianta. Para eles, a vida só faz sentido a dois. Precisam porque precisam de alguém. De certo porque não se toleram e, por isso, vivem à procura. Outra coisa que deveriam saber: é na solidão que o sentimento descansa. É quando ele fica meio à deriva, se preparando para o próximo coração, talvez.

Uma última coisa só: não pense que foi fácil aprender tudo isso.

4 comentários:

  1. Lívia Guimarães Gussen11 de abril de 2012 02:45

    pois é, eu acho que essa sua última frase diz muito: a gente precisa aprender a entender e valorizar a solidão. concordo que momentos de solidão são ótimos e que, quando fase, a solidão deve ser respeitada; o problema é que quem está mergulhado na solidão tem medo de que não seja só uma fase... pelo menos eu tenho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc, Lívia! Confesso que já passei por isso que vc disse, mas eu acho que, justamente nessa hora, é que precisamos ser racionais para entender essa solidão. E, claro, tirar proveito dela.

      Excluir
  2. Adoro estar comigo e me levar aos lugares de minha preferência. Ok. Por que sou só, não quer dizer que sou solitária, ao contrário, aprecio estar só. E, por causa dessa minha solteirice, tenho vários grupos, a turma do boteco, da balada, das cachoeiras, etc. etc... Estar só significa fazer o que voce quer na hora que bem entender (até pilotar o controle remoto!!)... Isto é muiiiiito bom!!!!

    ResponderExcluir
  3. DE MARCELO SILVA, VIA FACEBOOK:

    Na boa...eu não me viro bem com essa tal de solidão não...mas ela é importante pra que possamos nos conhecer um pouco...depois de um relacionamento longo...é preciso de um tempo de stand... by...pra colocar as ideias no lugar...ver os acertos e os erros anteriores...e se possivel...não voltar a comete-los...
    Ahhh...e quando esse tempo acaba e vc se abre ao mundo novamente...ai sim...isso é bom de sentir...vontade de fazer alguem feliz...vontade de ter alguém que sinta sua falta...alguém que tenha vontade de te ligar só pra ouvir suz voz...putz...não tem nada melhor...não concordam???

    ResponderExcluir