terça-feira, 24 de abril de 2012

devolva-me a mulher de antigamente, por favor!

Calma! Eu explico.

Num passado mais ou menos distante, as mulheres pareciam ser mais românticas. Ou, pelo menos, embarcavam com mais facilidade numa paixão que surgia no seu caminho. E, quando isso acontecia, passavam horas trancadas no quarto, ouvindo músicas e imaginando talvez uma cena de amor com um beijo duradouro, quase eterno, numa praia deserta. Algo como último capítulo de novela, sabe?

Enfim: elas viviam mais a emoção de uma paixão. Gostavam mais de poemas. Escreviam mais poemas. Faziam planos. E não conseguiam olhar para o futuro sem o homem que, naquele momento, fazia o seu coração pulsar forte e apaixonado. Aquelas mulheres deixavam mesmo o sentimento correr solto, sem barreiras nem condições. Era assim – e você, minha querida leitora, sabe que era.

Agora, as mulheres de hoje são o oposto disso tudo que descrevi até aqui. Você pode até esbravejar e dizer que não são todas. Concordo. Mas se você parar para pensar vai ver que pelo menos uma amiga sua, ou uma amiga da colega da sua prima, virou adepta dos beijos rápidos, apressados. Dos abraços sem emoção. Dos telefonemas que são ignorados. Das mensagens não respondidas. E dos encontros combinados e tão logo desmarcados, deixando do outro lado um pobre coração aflito.

Desconfio que os sentimentos e as sensações trocaram de lado. Os homens de hoje descobriram que se render a um sentimento não é perda de tempo e nem algo terrível ou tortuoso. Ao contrário: descobriram o quanto é bom dormir e acordar pensando em alguém. O que eu vejo é que nós, homens, estamos cada vez mais dispostos a amar, enquanto as mulheres estão cada vez menos dispostas a amar. Hoje, quem chora são os homens. E quem não atende mais o celular e vai para a balada são as mulheres.

8 comentários:

  1. DE BIANCA AZZARI, VIA FACEBOOK:

    As mulheres nascem com isso. Conhecem tantos homens fdps, que desistem disso. Já te contei: os culpados disso tudo são os homens!

    ResponderExcluir
  2. DE MARCELO SILVA, VIA FACEBOOK:

    Infelizmente mulheres tendem a generalizar...se encontram um homem fdp pela vida...todos os outros se tornam membros dessa categoria...e isso so torna nossa vida mais dificil...
    Foi-se o tempo em que uma mulher se derretia toda ao receber uma rosa...ao receber o tao esperado "telefonema no outro dia"...
    E de fato...hj quem sofre é o homem...e as mulheres...elas se divertem...

    ResponderExcluir
  3. DE FRAN LIMA, VIA FACEBOOK:

    Forte isso! Mas é verdade!

    ResponderExcluir
  4. DE PAMELA VAIANO, VIA FACEBOOK:

    Eu sou essa tal sua mulher de antigamente... Mas não conheço esse homem atual que vc descreveu não! Acho que deve ser desencontro de gerações!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrs... Pode ser, Pamela. Foi boa essa... Preciso confessar!
      vn

      Excluir
  5. EM ṔARTES VC TEM RAZAO,NOS AS VEZES GENERALIZAMOS A COISA,MAIS QUAL É MESMO O ENDEREÇOS DESSE HOMEM QUE DISPOSTO A AMAR ?

    ResponderExcluir
  6. Conhecer, namorar e depois casar, era assim antigamente. Hoje o caminho é inverso. Não existem culpados, os tempos são outros. É uma das moradas da "depressão", o mal do século.

    ResponderExcluir
  7. Quando leio sobre as mulheres de antigamente, sinto uma vergonha imensa ! Quanta falta de auto-estima. Como pode se desvalorizar dessa forma ? Sou uma mulher moderna, ou seja, eu me amo em primeiro lugar e JAMAIS endeusaria um homem. E, para finalizar, você esqueceu de escrever no final do seu texto algo muito importante : BEM FEITO para os homens, pois estao recebendo o que merecem ! rsrsrsrsrs... O que aqui se faz, aqui se paga. Estao sentindo na pele o que faziam com nossas pobres avós.

    ResponderExcluir