terça-feira, 13 de março de 2012

eu e o bigode


Assim: eu nunca vi com bons olhos o tal do bigode. Desde a minha adolescência, quando os primeiros pelos ralinhos, ralinhos começaram a riscar o meu rosto, eu ficava um tanto quanto incomodado. Ou melhor: eu ficava com vergonha, isso sim. Tanto que sempre quando uma garota chegava para conversar comigo, eu tratava logo de tapar a boca com a mão.

Uma bobeira, eu sei.

Ah, e sei também que estou longe de ser um expert em moda. Male má eu consigo fazer uma boa combinação usando calça jeans. Mas tudo bem. Sei, no entanto, que o bigode está na moda. De novo. Se duvida, basta começar a reparar nas pessoas nas ruas, nos atores das novelas e dos filmes que você anda assistindo. Essa nova moda deve ser o sinal de que nós, homens, resolvemos, enfim, assumir que o mustache é praticamente parte da nossa personalidade.

Acredite você ou não, minha amiga, ele tão importante que hoje tem até um dia só para ele. É o tal do BigoDay! E esse mesmo bigode, que você torce o nariz e resmunga por aí que é brega, nada mais é do que uma das traduções do charme masculino. Do charme à Clark Gable, sabe? E do talento à Hendrix. É virilidade também. Bigode é pai, avô. Respeito.

É o bigode do heroísmo, do malandro no bom sentido. Do português da padaria que nos entrega o pão quentinho todo santo dia. Do sujeito que trabalha – de algo completamente oposto ao bigode do Sarney, é verdade. Mas fazer o que: nem tudo é perfeito, não é mesmo? Mas perfeito, acredito, ficou isso que fiz ontem à noite no banho – e que motivou este texto que você acabou de ler.


5 comentários:

  1. DE FABIO MAYER BRAGA, VIA FACEBOOK:

    Q medo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DE BIANCA AZZARI, VIA FACEBOOK:

      Credo

      Excluir
  2. hahahaha
    saia da moda, primo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DE JUNIOR NOVAES, VIA FACEBOOK:

      PQP... quem te falou que estava legal.... mentiu.... ficou tosco....arranca isso...vai por mim....kkkkk

      Excluir
  3. DE FERNANDA CALLEFO, VIA FACEBOOK:

    Aff... A gente acaba de jantar e vê um negócio desses!

    ResponderExcluir