sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

um papo sério com 2012

2012, meu querido, sei que só falta uma esquina para você dobrar e chegar. E, justamente por isso, acho mais do que apropriado lhe avisar algumas coisinhas. Não é nada complicado. Preste atenção. Muita atenção.

Eu quero que você traga bastante saúde, antes de mais nada. Sem ela, fato: dificilmente conseguirei realizar os meus sonhos. E, falando em sonhos, eu gostaria – e muito – que me desse coragem. Sim, coragem. Coragem para eu acordar todas as manhãs, bater o pé direito três vezes no chão, como faço todo dia, e cair no mundo sem medo de nada e de ninguém. Sem medo para o 'não'. Sei que você tem alguns ‘nãos’ guardados em sua bagagem. Não precisa nem dizer. Mas eu quero que você me negue apenas as coisas ruins. Que me negue o desamor, a solidão, a guerra, a injustiça e outras coisas ruins que existem.

Gostaria que você mantivesse sempre vivo em mim o desejo. O desejo de várias coisas. O desejo de amar, de compartilhar, o desejo de ser sempre solidário. Não poupe isso, combinado? Caso queira poupar algumas coisas, que sejam as lágrimas. Mas, se não tiver jeito, quero que elas desenhem no meu rosto uma emoção bonita e pura. E só – nada além disso. Traga bastante música. Traga Bethânia, Caetano, Gil, Elis, Beatles e alguns outros que você sabe muito bem.

2012, outro pedido importante: conserve minhas amizades e coloque outras sinceras no meu caminho. Amizade é fundamental para a vida. Quero que você me proporcione reencontros. Isso é sempre bom. O passado, às vezes, me faz encarar o futuro com mais sobriedade, entende? Enfim. Quero que você me dê bons momentos com os amigos. Quero que você me dê muitas rodas de bares, com conversas filosóficas sobre o nada. Quero gol. Muitos gols (e que, de preferência, sejam do meu time). Quero viagens longas por estradas solitárias e com belas paisagens. Tudo para me fazer pensar em como a vida é boa.

E, ah, sei que você já está careca de ouvir isso, mas não vá se esquecer da paz. Essa daí não precisa economizar, não, viu?!

PS: Para não dizer que sou mal educado, obrigado 2011!

PPS: Ficarei duas meras semaninhas de férias. Volto no dia 9 de janeiro. 

2 comentários: