terça-feira, 4 de janeiro de 2011

onde mora o amor

O amor mora na imperfeição dos nossos desejos,
na esquina das vontades tardias,
numa saudade jogada na esquina,
no tempo que já passou,
numa música triste,
na noite que insiste,
no aprendizado da solidão,
no arrependimento,
e no coração.

Um comentário: