quinta-feira, 4 de novembro de 2010

o solitário

A solidão nada mais é do que um quarto escuro,
um cigarro entre os dedos,
um pensamento sussurrando,
um medo,
a lembrança perdida,
uma lágrima caída,
um amor aos pedaços,
o talvez,
e o passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário