quarta-feira, 24 de novembro de 2010

a lenda do gasparzinho com dor de barriga


Um amigo saiu do banheiro e deu de cara com a Shirley, uma das faxineiras mais simpáticas da empresa, que o esperava sair para continuar a sua limpeza diária.
- Tem mais alguém aí dentro? – perguntou com aquele sotaque baiano inconfundível.
- Não! Só tá o Gasparzinho! – respondeu o meu amigo, com um sorriso no canto da boca.

Cinco minutos depois eu fui ao banheiro. Na porta estava a Shirley, tirando o esmalte da unha.
- O que você está fazendo aí, Shirley? Tá sem serviço? – brinquei.
- Que isso, seo Vinícius. Tô é esperando o seo Gaspar sair do banheiro para eu limpar. A propósito: ele é funcionário novo aqui? Eu não conheço.

Um comentário: