quarta-feira, 10 de novembro de 2010

gorda? você?

(para todas as mulheres que se acham... Gordas!)

Quem nunca ouviu uma mulher dizer que está gorda, por favor, atire uma pedra – ou várias – em mim. Sim, em mim. Fique à vontade. Minha certeza de não ser apedrejado vem de outra certeza: a de que ainda está para nascer uma que não reclame disso. Todas que eu conheço (e que certamente você conhece também) vivem por aí, pelos cantos, esbravejando a forma física, chorando por aquela celulite inocente ou por aquela estriazinha quase imperceptível na perna. Coisa besta, quase sempre.

Juro que fico morrendo de vontade de passar a noite num rodízio de massa quando escuto de uma mulher – magra, é claro – que está de regime porque a calça que comprou na semana passada não serviu. Ora bolas, se não tivesse essa mania de querer entrar num manequim menor do que aquele que seria o certo, eu aposto que nenhuma mocinha recusaria um convite para tomar uns dois, três, ou quatro, chopes numa segunda-feira à noite. Nem ficaria toda angustiada por ter dado um 'não' ao pobre do sorvete que ficou de paquera na padaria. Eu garanto.

Mulheres assim têm a péssima mania de perseguição. Um olhar, um simples olhar, às vezes, pode ser fatal. Pode desencadear uma briga até. “Você tá olhando pra mim porque estou gorda, né? Pode falar”. Você – é claro – diz que não. Mas não adianta. Ela começa a chorar e fala que não vai mais sair porque está gorda, porque o vestido está justo, porque isso, porque aquilo. É sempre assim. Repare. Isso quando ela não resolve ficar horas e horas em frente ao espelho apertando ali, apertando acolá, só para caçar algum resquício de gordurinha. E, se não acha – acredite –, a neurótica inventa um motivo para logo se revoltar.

E quando você vai almoçar ou jantar com ela? Pelo amor de todos os santos do céu. Caso conheça uma que não diga que está de regime, me apresente. Quero ir almoçar com ela. Porque todas – sim, to-das – vivem nos alertando sobre a sua dieta. Então você diz que ela não precisa de dieta e o que ela diz? Que precisa sim. A propósito: será que tudo isso não seria uma tática delas para ouvir elogios? Pode ser. Ou não. Ou tanto faz.

Acho que estou ficando meio neurótico, isso sim.

4 comentários:

  1. eis uma discussão de peso rsrs... Eu costumo dizer que, para algumas beldades, se tirar a maquiagem e cortar o cabelo, já perde uns dois quilinhos

    ResponderExcluir
  2. Senti uma cutucada de leve. As mulheres seriam bem menos neuróticas se os caras não ficassem babando pelas enxutas que passam ao seu lado.
    E a calça não é um número menor! E tenho dito!

    ResponderExcluir
  3. Depois que parei de pensar tanto nisso minha vida ficou tão mais divertida!!!rsrs
    Tomo minha cerveja com o namorado e ainda peço uma porção pra ajudar!!!! E garanto é tão bom!!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Vinícius, leio sempre o que você escreve, são sempre ótimas, mas não sou do tipo que comenta!.... Mas depois do que você escreveu serei obrigada a comentar rsrs.
    Bom, sou magra, nunca fiz regime, NUNCAAA!!! Nem sei o que é isso, nunca deixei de comer nada, nunca fiz essa pergunta para homem nenhum. Estranho? Sim, muitoooo!!!!rrsrs
    Tenho 32 anos e posso dizer que estou muito bem com meu corpo, estou em forma, posso até arriscar em dizer que tenho um corpo bonito, ganho de muita menina de 20 anos kkk.
    Enfim... como lanche de carrinho as 23hs em pleno domingo sem culpa, pipoca megacombo com manteiga e uma super coca-cola ( meu maior vício). ADORO COMER!
    Será que sou diferente, esquisita ou dá turma do Avatar?

    Bjão

    ResponderExcluir