domingo, 15 de agosto de 2010

metamorfose

Eu já gostei de pessoas que, depois de um tempo, descobri que não valem a pena.
Já amei mulheres que jamais souberam o que é o amor.
Já dei abraços em amigos que não existem mais.
Já beijei bocas que se transformaram em futilidades.
Já gostei das tardes de domingo e odiei as noites de sábado.
Eu já usei brinco e quis fazer tatuagens.
Já pensei em ser jogador de futebol e nadador dos 100 metros livres.
Já quis estudar física.
Fui apaixonado pelos números e, hoje, amo as letras.
Já falei demais, mas, ultimamente, ando preferindo o silêncio.
Já escrevi coisas que não concordo mais.
Já pensei em coisas que hoje não existem mais.
Também já chorei e lamentei por algumas pessoas que, acredite!, me surpreenderam um dia.
Já duvidei.
Já acreditei.
Já me decepcionei.
Já senti raiva e amor -- tudo ao mesmo tempo.
Já morri e ressuscitei algumas vezes.
E mesmo assim, depois disso tudo, eu ainda continuo não entendendo a vida.

2 comentários:

  1. DE MARIANA SAGOSSI, VIA TWITTER:

    Gostei do seu poema "Metamorfose"..muito bom!!

    ResponderExcluir
  2. É a metamorfose da vida... não precisa entender.. ainda bem!

    ResponderExcluir