terça-feira, 1 de junho de 2010

passa a régua

Quando falo que os botecos de hoje não são mais os de antigamente me chamam de louco. O Marcelo, que divide comigo a mesa do bar do Alemão toda sexta, é o primeiro a torcer o nariz. Diz que sou um nostálgico-sem assunto. Não ligo. E continuo afirmando que tudo está mudando nos botequins. Está tudo errado, a começar pelos garçons, por exemplo, que estão cada vez mais desinformados.

Se você pede alguma coisa, eles ficam com aquela cara de interrogação. Não sabem nada que vai além do trivial. Está duvidando de mim? Então vou rogar uma praga: qualquer dia você vai pedir um Jose Cuervo e o garçom vai te responder: "Ele não trabalha mais aqui. Foi demitido na semana passada". Aí, sim, vai sentir a depressão que vivo nas minhas noites de descanso nas mesas.

Um dia -- veja só -- eu estava num boteco e pedi um cinzeiro. O atendente, muito solícito por sinal, virou e me perguntou: "O senhor fuma?". Pô, isso não se faz. Outra coisa que me deixa chateado nos bares de hoje são as músicas. Tem certas canções que não combinam com o ambiente. Canções, por exemplo, como as da Legião Urbana. Nada contra o Renato Russo -- muito pelo contrário, gosto demais do som da Legião, principalmente quando estou viajando num domingo à tarde ou quando estou no meu quarto, curtindo uma fossa ao som de "Tempo Perdido", sei lá.

Música de bar tem que ser a do Fundo de Quintal, a do Cartola. Mas, garanto: se você pedir por Cartola, o garçom vai falar que esse drinque acabou na semana passada. Quer valer?

E ainda tem mais uma reclamação: os bares de hoje estão fechando cada vez mais cedo. Onde fica o charme da boemia? Não gosto de ouvir o garçom perguntar, quase sempre às onze e pouco da noite:

- Você vai querer mais alguma coisa da cozinha? É que já estamos fechando.
- Mas já? - pergunto.
Ele não responde nada. Apenas balança a cabeça e ergue os ombros. Fico quieto. Pago a minha conta e vou embora -- curtir o boteco improvisado na minha casa.

E passa a régua.

Um comentário:

  1. Concordo plenamente com vc!!! Não se faz mais botecos como antigamente!!! E essa história de nossa cozinha esta fechando, dá vontade de falar pra que que abriu então se era pra fechar essa hora!!!Um dia ainda abro um boteco perfeito!!
    Beijos

    ResponderExcluir